13 Músicas, 49 minutos

NOTAS DOS EDITORES

O álbum de estreia da banda é marcado pelas músicas autorais de Liniker, backing vocals sutis e atitude ousada, livre e levemente agressiva dos instrumentistas. Essa essência é adornada por arranjos de cordas reminescentes da vanguarda da música clássica do pós-guerra, com influência do soul e do funk da Motown. O ecletismo dominante do álbum soa como uma versão bem-acabada do indie brasileiro dos anos 90, com referências de dub e dos experimentos estereofônicos dos anos 50.

NOTAS DOS EDITORES

O álbum de estreia da banda é marcado pelas músicas autorais de Liniker, backing vocals sutis e atitude ousada, livre e levemente agressiva dos instrumentistas. Essa essência é adornada por arranjos de cordas reminescentes da vanguarda da música clássica do pós-guerra, com influência do soul e do funk da Motown. O ecletismo dominante do álbum soa como uma versão bem-acabada do indie brasileiro dos anos 90, com referências de dub e dos experimentos estereofônicos dos anos 50.

TÍTULO DURAÇÃO

Mais de Liniker e os Caramelows

Você também pode curtir