iTunes

Abrindo a iTunes Store.Se o iTunes não abrir, clique no ícone de aplicativo do iTunes no dock ou área de trabalho do Windows.Indicador de progresso
Abrindo a iBooks Store.Se o iBooks não abrir, clique no app iBooks em seu dock.Indicador de progresso
iTunes

O iTunes é a maneira mais fácil de organizar e aumentar sua coleção de mídia digital.

Não foi possível encontrar o iTunes no seu computador. Para baixar da iTunes Store, obtenha o iTunes agora.

Já tem o iTunes? Clique em Já tenho o iTunes para abri-lo agora.

Eu tenho o iTunes Download grátis

Girassóis Maduros

Este livro pode ser baixado e lido no iBooks em seu Mac ou dispositivo iOS.

Descrição

Ler girassóis é tarefa para poucos. Ler girassóis (e não quaisquer girassóis) mas os maduros requer algumas habilidades. A primeira: ser poeta de natureza, mas da natureza observável das coisas. Segundo, um silêncio próprio, como o caramujo solitário, mochileiro errante ou como na definição do escritor para poeta: arquipélago entre paredes de folhas brancas.
Em versos/haicais Léo Prudêncio nos apresenta a felicidade da descoberta matutina entre sóis, jacarandás, pássaros e depois a solidão descontente e saudosa de quem sabe a dor da palavra. A natureza é irascível como a poesia. Mas Girassóis Maduros deixam sementes, marcam a terra e o passar do sol, e do tempo. É antes de tudo, poesia. Poesia, que como as estrelas, não se intimida pelo latir incessante do cachorro ou pelo sol amputado por nuvens em Goiânia.

Girassóis Maduros
Ver no iTunes
  • USD 3.99
  • Disponível no iPhone, iPad, iPod touch e Mac.
  • Categoria: Poesia
  • Publicado: 09/06/2017
  • Editora: Editora Moinhos
  • Vendedor: Bookwire Brazil Distribuicao LTDA.
  • Páginas impressas: 68 páginas
  • Idioma: Português
  • Requisitos: Para visualizar este livro, você deve ter um dispositivo iOS com iBooks 1.3.1 ou posterior e iOS 4.3.3 ou posterior, ou um Mac com iBooks 1.0 ou posterior e OS X 10.9 ou posterior.

Avaliações de clientes

Não recebemos avaliações suficientes para exibir uma média para este item.

Mais de Léo Prudencio