iTunes

Opening the iTunes Store.If iTunes doesn't open, click the iTunes application icon in your Dock or on your Windows desktop.Progress Indicator
Opening the iBooks Store.If iBooks doesn't open, click the iBooks app in your Dock.Progress Indicator
iTunes

iTunes is the world's easiest way to organize and add to your digital media collection.

We are unable to find iTunes on your computer. To download from the iTunes Store, get iTunes now.

Already have iTunes? Click I Have iTunes to open it now.

I Have iTunes Free Download
iTunes for Mac + PC

Telling Feminist Stories/Contando Estorias Feministas (Texto en Portuguese)

Revista Estudo Feministas 2009, Jan-April, 17, 1

This book is available for download with iBooks on your Mac or iOS device, and with iTunes on your computer. Books can be read with iBooks on your Mac or iOS device.

Description

Introducao Como a teoria feminista ocidental conta a estoria de seu passado recente? Apesar da evidente variedade da teoria feminista, dentro e fora do 'ocidente', ao contar-se sua estoria recente, uma narrativa dominante aparece, ainda que apresente uma gama de inflexoes afetivas e criticas. Essa estoria divide o passado recente em decadas definidas para fornecer uma narrativa de progresso incansavel ou de perda, proliferacao ou homogeneizacao. A teoria feminista ocidental conta sua propria estoria como uma narrativa em desenvolvimento, onde nos movemos de uma preocupacao com unidade e semelhanca, passando pela identidade e diversidade, em direcao a diferenca e a fragmentacao. Tais mudancas sao geralmente concebidas em correspondencia com as decadas de 70, 80 e 90, respectivamente, e como um movimento partindo do pensamento feminista radical, socialista e liberal em direcao a uma teoria pos-moderna do genero. A mudanca, que parte dos anos 70, ingenuos e essencialistas, para a critica do feminismo negro e da 'guerra dos sexos' dos anos 80, e dai para os anos 90 da 'diferenca' e alem, mapeia a estoria como progresso para alem das categorias e identidades falsamente delimitadas. Uma mudanca partindo do inicio da segunda onda, vista como politizada e unificada, passando pela entrada na academia nos anos 80, e dai para a fragmentacao em multiplos feminismos e carreiras individuais, mapeia a estoria de perda do compromisso com transformacoes politicas e sociais. (2) Determinar quais abordagens teoricas podem ser caracterizadas como pertencentes aos anos 2000 depende da versao dessa estoria a que se alinha. Quando a estoria e uma celebracao da diferenca, somos convidadas a (re)tornar ao afeto como fonte de conhecimento individual e coletivo. Quando a estoria e marcada pelo pesar, o apelo e para os contextos materiais das vidas das mulheres. Contudo, seja como for sua inflexao, a cronologia permanece a mesma, as decadas sobrecarregadas, mas curiosamente estereotipadas, e o pos-estruturalismo desempenhando o papel de ator principal no questionamento da "mulher" como ponto de partida para a politica feminista e a producao de conhecimento.

Telling Feminist Stories/Contando Estorias Feministas (Texto en Portuguese)
View in iTunes
  • $5.99
  • Available on iPhone, iPad, iPod touch, and Mac.
  • Category: Social Science
  • Published: Jan 01, 2009
  • Publisher: Instituto de Estudos de Genero - Centro de Filosofia
  • Seller: The Gale Group, Inc.
  • Print Length: 47 Pages
  • Language: Spanish
  • Requirements: To view this book, you must have an iOS device with iBooks 1.3.1 or later and iOS 4.3.3 or later, or a Mac with iBooks 1.0 or later and OS X 10.9 or later.

Customer Ratings

We have not received enough ratings to display an average for this book.